Scott Weiland, ex-vocalista do Stone Temple Pilots, morre aos 48 anos

Scott Weiland

Scott Weiland, ex-vocalista das bandas Stone Temple Pilots e Velvet Revolver, morreu ontem, quinta-feira (dia 3), aos 48 anos de idade. Ele foi encontrado morto em um ônibus de turnê na cidade americana de Bloomington, Minnesota. A informação foi confirmada pela sua esposa, a fotógrafa Jamie Weiland, ao jornal norte-americano Los Angeles Times.

Scott encontrava-se em turnê com seu atual grupo, o Scott Weiland & The Wildabouts. Tom Vitorino, seu empresário, postou no Facebook que o cantor morreu enquanto dormia. A causa da morte ainda é desconhecida.

Nascido Scott Richard Weiland em 27 de outubro de 1967 em San Jose, Califórnia, ele, na segunda metade da década de 1980, fundou a banda Mighty Joe Young, que em 1989 foi rebatizada para Stone Temple Pilots. A banda foi uma das principais do movimento grunge, conseguindo grande sucesso comercial com seus álbuns, principalmente com o de estreia, 'Core' (1992), que trouxe o hit "Plush", ganhador de um Grammy em 1994, na categoria de "Best Hard Rock Performance".

Além de um dos mais marcantes vocalistas da época do grunge, Scott Weiland também ficou conhecido pelos seus problemas com drogas, que levaram o cantor ser expulso definitivamente do Stone Temple Pilots em 2013. Scott também foi afastado em 2012 do Velvet Revolver, grupo que ele formou em 2002 com os membros do Guns N' Roses, Slash, Duff McKagan e Matt Sorum.

Scott Weiland lançou três álbuns solos - '12 Bar Blues' (1998), '"Happy" in Galoshes' (2008) e 'The Most Wonderful Time of the Year' (2011). Como Scott Weiland & The Wildabouts, ele lançou em março deste ano o disco 'Blaster'.

Stone Temple Pilots - Plush (Video)

Stone Temple Pilots - Vasoline (Video)

Stone Temple Pilots - Big Bang Baby (Video)

Stone Temple Pilots - Interstate Love Song (Video)


Sufjan Stevens prepara edição comemorativa de "Illinois"