Reading pode banir Gangsta Rap da cidade

Reading pode banir Gangsta Rap da cidade

 A cidade britânica de Reading poderá banir o gangsta rap das suas salas de espetáculos devido aos acontecimentos violentos na noite de reveillon. Na madrugada do dia 1 de Janeiro, um conflito envolvendo 20 pessoas tomou proporções violentas na rua do Café du Sport, levando um indivíduo de 24 anos ao hospital por ferimentos graves na cabeça provocados por uma garrafa de vidro.

As autoridades da cidade vão reunir-se com os donos do clube para discutir se a música teve algum impacto nos atos de violência. O inspetor John Relph declarou: “Se houver um consenso generalizado em todos os bares e clubes no centro da cidade quanto ao fato de as facetas mais pesadas do r&b, hip-hop e gangsta rap atraírem violência, a polícia poderá a bani-las”.

O assunto será também discutido com o PubWatch, organismo que regula os estabelecimentos de diversão noturna da cidade. Um dos responsáveis da organização disse que provavelmente a solução será mesmo banir aqueles estilos musicais. Apesar de afirmar que estes acontecimentos violentos se tornaram comuns, o responsável acrescenta que “98% das pessoas que vão a eventos de r&b e hip-hop são pessoas adoráveis que estão lá para ver apreciar a música (...) é uma minoria que arruína as noites dos outros todos”.