Executivo da HMV prevê desaparecimento do CD em cinco anos

Executivo da HMV prevê desaparecimento do CD em cinco anos

Simon Fox, CEO da cadeia de lojas de música britânica HMV, defendeu que o reinado dos CDs como formato físico de música pode ter os dias contados. Em entrevista ao jornal The Sun, Fox disse: "Ainda poderá haver lugar para eles, mas os CDs podem desaparecer dentro de cinco anos".

O responsável da HMV, que se viu obrigada a fechar uma série de lojas devido à queda nas vendas, disse ainda que a produção de CDs vai reduzir drasticamente na próxima meia década e passar para um terço do que existe hoje.
 
Se acontecer o que Fox está prevendo, o futuro dos CDs será parecido com o dos discos em vinil, que continuam a ter uma presença muito reduzida nas lojas de música. A HMV já começou a dedicar mais espaço nas suas lojas para outros tipos de produtos, como headphones e os leitores de mp3.
 
Em 2004, a venda de CDs chegava aos 162 milhões de unidades, no ano passado o número não ultrapassou os 98 milhões e 500 mil.
(Sun/Blitz)

Cut Copy divulga mais um vídeo de "Zonoscope"