James Murphy comenta sobre novo álbum do Arcade Fire

James Murphy comenta sobre novo álbum do Arcade Fire

James Murphy, ex-LCD Soundsytem, falou sobre "Reflektor", o novo álbum do Arcade Fire no qual trabalhou como produtor, confessando à Rolling Stone: "não estou entusiasmado por ser diferente. Estou apenas entusiasmado por ser um bom disco. Estou excitado e orgulhoso porque trabalhei nele, o que faz com que sinta uma ligação diferente". 

O músico explica também que a decisão de trabalharem juntos foi adiada durante muito tempo, "já falávamos em trabalhar juntos desde o segundo álbum deles. Lembro-me que quando "Neon Bible" estava sendo feito, fui visitá-los quando estavam gravando na igreja e tentei, mas quando começaram a trabalhar a sério eu ia fazer um álbum. Depois disso, parei um ano para descansar mas eles também, o que nos enfureceu. Portanto, quando eles foram gravar "The Suburbs" eu fui gravar "Sound of Silver". Novamente, um problema de timing".

A relação entre Murphy e o grupo canadense é, no entanto, bastante próxima e o produtor explica: "estamos em comunicação constantemente, portanto não foi como se um dia eu recebesse uma chamada, vinda do nada, do Win Butler". "Inicialmente, sentimos ambos que a melhor coisa a fazer era trabalharmos 'numa ou duas canções para ver o que acontece' porque nunca se sabe. Podíamos passar meses planejando e depois chegar e perceber que era um erro terrível", diz depois.

"É como um casamento. Tenho uma forma de trabalhar que não foi muito intrusiva", explica ainda, "não tinha um papel muito criativo em mente. É uma boa situação: eles tendem a dizer coisas muito boas sobre o trabalho que eu fiz e eu tendo a dizer que não fiz grande coisa. Tudo o que precisava fazer era ajudar a tornar as coisas claras de uma forma diferente portanto foi bastante divertido e todos nos respeitamos muito uns aos outros".

 


Most Recent