"A última vez que consumi ecstasy foi no dia em que Kurt Cobain morreu", diz membro do Daft Punk

Thomas Bangalter, uma das metades dos franceses Daft Punk, confessou em entrevista à Rolling Stone que consumiu ecstasy durante um ano e que a última vez que o fez foi no dia 05 de abril de 1994, dia em que Kurt Cobain, mítico líder dos Nirvana, morreu.
O músico começou explicando que não é fã da droga: "consumi ecstasy durante um ano, desde o início de 1993 até ao início de 1994. O problema era que eu passei a gostar de todo o tipo de música que ouvia, de qualquer porcaria - fiquei sem sentido crítico. A última vez que consumi ecstasy foi no dia em que Kurt Cobain morreu".
Bangalter explica depois que nessa noite a dupla estava "numa festa em Glasgow quando soubemos. Depois estávamos indo para uma after party e eu quase fui atropelado por um caminhão" e que foi salvo pelo colega. Guy-Manuel de Homem-Christo acrescenta que a primeira e última vez que experimentou ecstasy foi precisamente nessa noite.
"Random Access Memories", o novo e muito falado álbum do Daft Punk, acaba de ser lançado. O disco inclui o single "Get Lucky", com o vocal de Pharrell Williams, que pode ser ouvido abaixo. 
(Rolling Stone/Blitz)

Daft Punk - Get Lucky (Official Audio) ft. Pharrell Williams