Líder dos Sex Pistols agride vocalista do Bloc Party

Líder dos Sex Pistols agride vocalista do Bloc Party

Kele Okereke, líder do britânico Bloc Party, foi vítima de um ataque racista por parte de John Lydon, dos Sex Pistols, e da sua comitiva no festival espanhol Summercase este fim-de-semana.

O cantor diz ter ficado com feridas na face e traumatismos graves. Membros do Foals e Kaiser Chiefs ajudaram a resolver a questão, reportada à polícia espanhola e britânica. Tudo aconteceu quando Okereke se dirigiu a Lydon para lhe perguntar se este pensava em voltar a juntar os Public Image Ltd., grupo que formou em 1978 e que se manteve em atividade até 1993.

O vocalista do Bloc Party garante que Lydon respondeu de forma "agressiva" e que os elementos da sua comitiva disseram "O teu problema é a tua atitude de negro".

"Não tem a ver com o ataque físico, é o fato de a questão racial ter sido trazida à tona de forma tão instantânea. Alguém tão respeitado e inteligente como Lydon devia saber que não deve trazer a raça para a equação nem socializar ou encorajar aqueles que tomam atitudes tão ignorantes", disse Okereke.

www.blocparty.com


CSS: Left Behind [vídeo]