Radiohead no Brasil: Creep ao vivo [vídeo]

Radiohead no Brasil: Creep ao vivo [vídeo]

Foi o primeiro concerto do Radiohead na cidade de São Paulo e não parece ter decepcionado as 30 mil pessoas que se deslocaram ao festival Just A Fest. De acordo com a imprensa, o Radiohead tocou mais de duas horas, impressionando pela "qualidade de som (...) e pelo trabalho de iluminação".

"Fazendo jus ao nome do álbum "In Rainbows", as luzes, assim como as imagens no telão, mudavam de cor seguindo a ordem das cores do arco-íris e criando efeitos como a simulação de gotas de chuva caindo enquanto o vocalista Thom Yorke cantava rain down on me ( chova sobre mim ), durante 'Paranoid Android', do aclamado álbum "Ok Computer" ", adianta a reportagem do UOL Música.

O ambiente foi mais de contemplação e respeito do que de euforia, diz a mesma reportagem: "O clima silencioso indicava uma mistura de perplexidade e fascinação diante do carisma atormentado de Thom Yorke e da musicalidade da banda".

O momento mais inesperado do concerto chegou no bis, numa altura em que parte do público já abandonava o local - "Creep", o hit de 1992 do Radiohead, banda que o site brasileiro comparou, neste artigo, a "uma banda de rock progressivo dos anos 70 , mas em versão despida de ego e hippismo exacerbados".


Setlist:
 

  • “15 step”
  • “There there”
  • “The national anthem”
  • “All I need”
  • “Pyramid song”
  • “Karma police”
  • “Nude”
  • “Weird fishes/ Arpeggi”
  • “The gloaming”
  • “Talk show host”
  • “Optimistic”
  • “Faust arp”
  • “Jigsaw falling into place”
  • "Idioteque"
  • “Climbing up the walls”
  • “Exit music”
  • “Bodysnatchers”

     

Bis 1

  • “Videotape”
  • “Paranoid android”
  • “Fake plastic trees”
  • “Lucky” “Reckoner”
     

Bis 2

  • “House of cards”
  • “You and whose army”
  • “Everything is in the richt place”
     

Bis 3

  • “Creep”

 

Tags