Bebadogroove

/
2005
/

Bebadogroove is a by Mundo Livre S/A , released in 2005 .

Track listing

Reviews

Sexto trabalho dos pernambucanos do Mundo Livre S/A, este EP, batizado com o pequeno nome de "Bebadogroove Vol. 01 (GarageSambaTransmachine)", título com referência ao disco "Beba do Samba", de Paulinho da Viola, apresenta mais uma vez um universo exclusivo de Fred Zeroquatro e sua banda. Este novo disco foi produzido, gravado e mixado em 10 dias, marca o retorno da banda ao esquema independente e o início da Óia Records, e ao mesmo tempo inova em um formato tão pouco utilizado no Brasil, o famoso EP, que aparece com a finalidade de baratear o custo final e ampliar o acesso do público, já que o preço médio deste EP é de R$ 9,00.

Como o próprio Fred Zeroquatro definiu, "Bebadogroove" é uma jam session recheada de personagens, começa pela boazuda "Nêga Ivete" recheada de "vocoder" e cavaquinho, em seguida é "Laura Bush" que tem que se virar em meio aos problemas com "doleiros, pitboys poetas, bébados e Ronaldo, sim, o fenômeno".

"Para cada sem vergonha existe uma santinha", é assim o começo de "Tentando Entender Os Cabras", com um clima cadenciado, violão e bateria, traduz o universo masculino entre "santinhas e putinhas". Quando começa o "Carnaval Inesquecível Na Cidade Alta", é o cavaquinho que comanda o ritmo por trás de uma melancolia suave, é como se o samba flertasse de leve com o trip hop.

Assim como o "pequeno" título do EP, esta faixa com certeza entraria na lista de nomes mais extensos da música brasileira, "Abrindo O Coração Para Uma Cadela Chapada E Bêbada" apresenta um Mundo Livre extremamente espontâneo, em suas próprias palavras: "...relaxa, chacoalha, balança e dança".

"Dogville, Coleiras e Bombeiros" é o samba moderno que antecede "Soy Loco Por Sol", faixa que teve seu lançamento na internet, através do Trama Virtual, antes mesmo do EP sair, e aqui "Soy Loco Por Sol", uma ode ao consumismo, onde em alguns trechos Zeroquatro declama: "dane-se o planeta, dane-se as novas gerações" e termina ao som de metralhadoras dizendo: "América, jo soy loco por ti".

Este é um dos melhores trabalhos do Mundo Livre S/A, este EP mostra que a sintonia da banda está perfeita, tem um pouco de tudo e de tudo um pouco, tem as letras que são como pequenos roteiros cinematográficos e tem a musicalidade ímpar desses pernambucanos geniais. Óia!