Tim Festival 2007: Juliette & The Licks incendeia Tim Festival no Rio

Tim Festival 2007: Juliette & The Licks incendeia Tim Festival no Rio

A banda Juliette and The Licks incendiou o palco "Novo Rock US", na Marina da Glória, na noite deste sábado (27) no Tim Festival. Menos aguardados que The Killers, os norte-americanos comandados pela atriz Juliette Lewis (de "Cabo do Medo" e "Assassinos por Natureza") fizeram um show apoteótico.

A performance de Juliette no palco fazia dela um Iggy Pop em forma de mulher, sem perder a feminilidade e o poder de sedução. Ela comandou o público, que obedecia a todos os seus pedidos, em uma intensa troca de energia. O fator destoante da apresentação foi o som da bateria, que estava muito mais alto do que a voz de Juliette. Com uma calça preta de vinil e uma regata de tela preta, que exibia sua boa forma física, além da sua usual faixa indígena na cabeça, a cantora entrou no palco às 20h25, com "Mind Full of Daggers", seguida de "Sticky Honey", do disco mais recente da banda, "Four on the Floor" (2005). Logo depois ela apresentou a banda e perguntou: "Vocês se sentem vivos?".

Assista ao vídeo de "Mind Full Of Daggers" ao vivo no Tim Festival: Mind Full Of Daggers Juliette se debatia, se jogava no chão, fazia dancinhas, poses, requebrava e jogava o cabelo de um lado para o outro. "Eu vou pedir para vocês balançarem os quadris... Se você é tímido para isso, então eu vou pedir para você balançar os peitos... E, se você ainda é muito tímido, eu vou pedir então que você lamba seus lábios", brincou. "Vocês estão prontos para mais? Estão prontos para The Killers hoje à noite?". Sim, todos estavam. Talvez só não esperassem tanto da banda, que surpreendeu. "Você vai ter um colapso agora!", completou. Aí veio "Love to Kill" e "Death of a Whore". Fãs jogaram uma bandeira do Brasil no palco, e ela agradeceu a vinda de todos, com gestos carinhosos. Também contou que a banda já está junta há quatro anos e já se apresentou no mundo inteiro. Disse ainda que antes de ser atriz sempre quis fazer música "com todo o seu coração e colocando todo o seu drama nela. Fui show. "Eu sabia que seria quente. Voltamos aqui no ano que vem. Qual a em busca dos meus sonhos". Então veio outra bomba: "Hot Kiss", já no fim do última música que vocês querem ouvir?". Antes do fim, cada integrante do grupo tirou a blusa e fez um solo com seu instrumento. Depois, eles trocam de papéis e começam a executar os intrumentos uns dos outros. Após o final, a artista, carregada por seguranças, foi para perto do público diante do palco. Depois, "pow!", jogou o microfone no palco e se jogou no meio da platéia, como uma rockstar. A platéia gritava, assobiava e delirava. Após uma hora de show, o êxtase terminou com ela dizendo: "Amo vocês! Obrigada". O Rio também te ama, Juliette. (Gabriela Belém/UOL)

www.timfestival.com.br