New Order chega ao fim

New Order chega ao fim

 LOS ANGELES (Reuters) - A banda de rock britânica New Order, surgida das cinzas do grupo pós-punk Joy Division no começo da década de 1980, acabou, segundo o blog do baixista da banda. "Estou realmente aliviado, odiei carregar um segredo terrível fingindo que tudo estava normal, então vamos adiante, podemos?", escreveu Peter Hook em nota publicada na quarta-feira na sua página do site MySpace. Hook havia revelado o rompimento de passagem, durante uma entrevista no fim de semana ao locutor Clint Boon, de uma rádio de Manchester, quando disse: "Eu e Bernard (Sunner, vocalista e guitarrista do New Order) não estamos trabalhando juntos". Hook e Summer eram parceiros desde meados da década de 1970, quando juntos criaram o Joy Division, um conjunto de visual tenebroso, cuja canção mais famosa foi a lúgubre "Love Will Tear Us Apart". Depois que o cantor Ian Curtis se enforcou, em 1980, a dupla, junto com o baterista do Joy Divison, Stephen Morris, formou o New Order, chamando Gillian Gilbert para os teclados. O álbum de estréia saiu em 1981, e o grupo teve enorme sucesso ao longo da década, com compactos como "Blue Monday" e "Bizarre Love Triangle" e álbuns como "Power, Corruption and Lies" e "Low-Life". O New Order ficou menos prolífico na década de 1990, já que seus membros entraram em projetos paralelos. O disco mais recente da banda, "Waiting for the Siren's Call", continuação do "Get Ready", de 2001, estreou na posição 46 das paradas dos EUA, em maio de 2005. Saiu-se melhor no Japão, onde alcançou o terceiro lugar, e na Grã-Bretanha, onde foi quinto. (Por Dean Goodman) Site oficial: www.neworderonline.com