São Paulo terá encontro de colecionadores de fitas cassete

 fita cassete

Na sequência do boom dos discos de vinil, veio o retorno das fitas K7. Esse ressurgimento do velho e prático formato foi confirmado em 2015, quando a National Audio Company, uma das poucas fabricantes nos Estados Unidos, anunciou que tinha produzido mais de 10 milhões de fitas em 2014, registrando mais de 20% de aumento nas vendas naquele ano.

No Brasil, a fita cassete tem seus admiradores, que começam a se reunir. No próximo sábado, dia 3, a Locomotiva Discos realizará em São Paulo o 1º Bazar e Encontro de Colecionadores de Fitas Cassete. O evento visa reunir todos os selos, lojistas, colecionadores e vendedores que mantêm ligações com o formato.

O 1º Bazar e Encontro de Colecionadores de Fitas Cassete acontecerá na Biblioteca Mário de Andrade, localizada na Rua da Consolação, 94, a partir das 12:00hs, com entrada gratuita.

A Fita cassete

A fita cassete (K7) foi lançada em 1963 pela empresa holandesa Philips. O formato teve seu auge entre as décadas de 1970 e 1980. Além de reproduzir áudio, o formato tinha como vantagens a facilidade de gravação a praticidade, principalmente com o uso dos tocadores portáteis, como o inesquecível walkman, da Sony.

sony-cassette-walkman.jpg


Angel Olsen apresenta "Shut Up Kiss Me" em programa de tv