"É um idiota. Tenho dó dele", diz membro do Black Keys sobre Jack White

Patrick Carney, baterista do Black Keys, referiu-se a Jack White como "um idiota" [a expressão usada foi "asshole"], a propósito dos comentários deste sobre Dan Auerbach (de braços cruzados na foto), a outra metade do Black Keys. Carney refere-se ao conteúdo de e-mails privados tornados públicos, trocados entre White e a ex-mulher, Karen Elson - neles, o homem do riff de "Seven Nation Army" reclama pelo fato de os seus filhos (uma menina de 8 anos e um menino de 6) andarem na mesma escola que os filhos de Auerbach (uma filha de 6 anos). 

"Serão 12 anos em que vou ter que me sentar em cadeiras de crianças ao pé daquele palhaço", escreveu White à mulher, referindo-se a Auerbach. "Isso é dar corda para continuar a me perseguir, a me copiar e a esgueirar-se para o meu mundo", escreveu White à ex-mulher. 

"É um idiota, sinto dó dele", disse Carney. "Mas não sou de guardar rancores, mesmo. Todo mundo já disse besteiras em conversas privadas... e um divórcio é complicado", condescendeu. 

O Black Keys tem novo álbum, "Turn Blue", recentemente lançado. Jack White vai lançar no dia 09 de junho o sucessor de "Blunderbuss", intitulado "Lazaretto". 

O divórcio de White e da modelo inglesa Karen Elson consumou-se em novembro do ano passado.

(Blitz)